Leia o relato de um Missionário que sobreviveu à tragédia

Foram 12 horas aterrorizantes. Incrível como a natureza é tão linda e tão voraz. Telhados voando, casas caindo, coqueiros e outras árvores tombando, postes e fios no chão, vidros partindo. O que levou anos para ser construído, lançado ao chão em poucos minutos. Sem falar do medo, angústia e preocupação com seus liderados e família.

É bom ser criança. Meus dois filhos dormiam enquanto o mundo caia lá fora. Isso é só um pouco de como realmente foi. Nossos templos, 23 anos de construção, em sua maioria gravemente danificados, alguns com perda total. Os dias seguintes, sem comunicação, sem conseguir informar a família no Brasil que estávamos bem, sem eletricidade, água potável e alimentação escassa, sem sol, muita chuva, isolados do mundo por terra (uma ponte partiu impedindo o acesso a cidade), situação que ainda permanecerá por algum tempo.

Desespero nas ruas, preços subindo, lutas em filas para comprar alimento, etc. Tudo só se comprava a dinheiro vivo, e os bancos não funcionavam. Caixas eletrônicos parados nos primeiros dias, apenas dois funcionando para toda cidade. Não tinha como tirar valores, situação agora parcialmente resolvida.

Mas Deus tem mostrado o seu amor para conosco. Um muçulmano, dono de uma loja de alimento, me procurou e disse: “Pastor, minha loja é sua, pode pegar o que quiser e, quando lhe for possível, o senhor me paga”. Só Deus faz isso!

Muitos templos estão no chão. Os membros, apesar de suas dificuldades, adoram ao Senhor, mas sem expectativas de reconstrução dos lugares de adoração.

É tempo de recomeçar. Ajude-nos a reconstruir as várias casas de oração. Deus continuará sendo exaltado. São mais de 20 igrejas destruídas, e ainda sem notícias de alguns distritos. Faça algo por Missões e por essa família missionária em Moçambique. Sei que Deus fará, pois Ele tem mostrado o seu amor para conosco. Está na hora de fazer mais do que só falar de Missões, vamos contribuir com Missões e ajudar os nossos irmãos do continente africano.

Relato do Missionário Liedson C. de Souza

admin

Analista de Sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.