Orquestra da Assembleia de Deus em Belém celebra 81 anos e atrai mais de 2 mil pessoas

Em comemoração aos 81 anos da Orquestra Geral da Igreja Assembleia de Deus em Belém do Pará, cerca de quinhentos músicos apresentaram um espetáculo musical. A apresentação aconteceu na noite deste domingo (28/05), no Templo Central e atraiu 2.500 pessoas que foram prestigiar o evento.

Treze músicas fizeram parte do repertório que contou com a coordenação do maestro Geremias Sousa. Há 17 anos ele comanda a Orquestra Geral da Igreja e sua missão é garantir a qualidade e o funcionamento do grupo musical.  Olhando o passado e o presente, ele destaca a evolução.

 “Estamos vivendo nessa área uma grande revolução.  Antes, tínhamos uma característica musical diferente do que vemos hoje. É muito gratificante ver esse avanço e conseguir mostrar ao público, a nossa qualidade dos maestros, dos músicos e de toda a orquestra”, destacou.


Desde a execução da canção  “Primeira Essência”, que iniciou a programação, a plateia já sentia como seria o espetáculo.    


Elisângela da Silva, de 44 anos, disse que a cada apresentação é uma nova emoção.

“É uma grande emoção  ver esse resultado que encanta os olhos e a alma. A emoção é maior porque me faz lembrar de que foi ouvindo louvor que decidi servir à Deus”, relatou.

A harmonia perfeita dos instrumentos em cada nota executada, mostrou a qualidade musical e emocionou àqueles que no passado, também tiveram a chance de fazer parte da Orquestra. Um deles é o pastor, compositor, cantor e deputado estadual Raimundo Santos.

“ Ao presenciar a apresentação, chorei  várias vezes, porque lembrei de quando era ainda adolescente e tocava neste grupo, vinha do interior só para tocar. Comecei tocando clarinete, depois sax alto e sax tenor. É maravilhoso ver o alto nível que hoje essa orquestra conseguiu alcançar. Estão todos de parabéns”, evidenciou.

Em mais de oito décadas, a Orquestra da igreja, vem desenvolvendo trabalhos de qualificação profissional, com o objetivo de formar novos  musicistas em instrumentos. Como resultado desse trabalho, centenas de alunos foram orientados; outros continuaram os estudos; buscando formação técnica e acadêmica. Muitos deles, atualmente fazem parte de grandes orquestras da cidade.  O militar Natan Fernandes Carvalho, começou a trajetória musical aos 14 anos de idade na Assembleia de Deus, em Belém. Quando tinha 18 anos, entrou para as Forças Armadas para trabalhar com música. Hoje, é o primeiro Tenente do Exército e regente da Banda do Comando Militar do Norte.  

“Estou muito feliz em fazer parte desta festa. Boa parte do que sei de música, aprendi aqui nesta igreja e Deus me proporcionou viver de música. Isso é um privilégio para a nossa igreja ter uma orquestra profissional incrível como essa”, ressaltou.

A apresentação musical foi formada pela união entre a velha e a nova geração. No meio de centenas de músicos veteranos, o pequeno Nícolas Wesley Tavares, de apenas 8 anos, se destacava com sua clarinete.

“ Estou gostando muito de tocar aqui e estou feliz ”, disse, em poucas palavras.     

Para o presidente da Assembleia de Deus em Belém, Pastor Samuel Câmara, a Orquestra da igreja cumpre o seu papel e representa o que a igreja tem de melhor na área musical.

“Essa apresentação da orquestra mostra o que a nossa igreja tem de bom. É um dos maiores desafios, a igreja manter a orquestra nesse nível e nós  temos um compromisso com a orquestra e com Deus. Vejo ela crescendo cada vez mais e melhor a cada ano. É um momento abençoado que reúne músicos que trabalham voluntariamente para fazer esse lindo espetáculo”, disse, exemplificando que  “a nossa vida é parecida com uma orquestra. Quando a gente está em harmonia e tem um regente que manda na nossa vida que é Deus, Ele nos dá equilíbrio, harmonia e paz”.

Por meio do Núcleo de Educação Musical (NEMAD), são ofertadas regularmente oficinas de musicalização e prática instrumental, atingindo todas as faixas etárias.

O trabalho desempenha atividades de inclusão social em vários bairros da capital, educando crianças e jovens para seguir uma profissão na área da música.  E dessa forma, a Assembleia de Deus em Belém,  vem contribuindo para o crescimento musical religioso e cultural da capital.

História

Fundada no dia 18 de março de 1936, a Orquestra Geral da Assembleia de Deus, é a primeira da denominação religiosa, criada no Pará e no Brasil. Iniciada por apenas seis irmãos, que formaram um pequeno grupo musical, eles executaram hinos da antiga Harpa Cristã em um culto memorável na mesma data. No dia 13 de dezembro de 1954, a banda se apresentou em comemoração ao Dia da Bíblia, com 21 componentes. Como banda de música, ela teve destacada participação na cidade de Belém e no interior do Estado do Pará no processo de evangelização, por meio de desfiles, cultos nas praças e grandes festividades da Igreja e Batismos. No final da década de 1970, com o crescimento da Igreja na capital, deu início ao processo de descentralização com o surgimento de bandas de músicas em algumas congregações. Situação que algumas décadas depois, no período entre 1998 a 2007,  impulsionou a transformação em Orquestra Geral da Igreja, no formato atual.

Mara Barcellos
Foto: Fan page da Orquestra da Assembleia de Deus em Belém

 

admin

Analista de Sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.