Primeiro coral da Assembleia de Deus celebra 90 anos

 O primeiro Coral da Assembleia de Deus em Belém comemorou 90 anos de atuação em 6 de novembro, no Templo Central. É considerado o primeiro coral da denominação no Brasil. Na apresentação festiva, 350 vozes louvaram a Deus acompanhados pela orquestra da igreja. Cerca de 3.500 pessoas prestigiaram o evento que durou quase três horas. Foi executado um repertório de 10 cânticos, que transmitiram palavras de fé, amor e esperança.

O presidente da Assembleia de Deus em Belém, pastor Samuel Câmara, festejou:  “Os hinos cantados pelo grupo ainda mantém a tradição, porque ensina e canta a fé, de forma profunda, seguindo os ensinamentos bíblicos. É uma alegria presenciar uma apresentação tão linda e abençoada. Parabenizo os integrantes do coral e a todos da igreja por preservar esse patrimônio que é de todos nós”.

Sete regentes estiveram à frente do coral desde sua fundação. O destaque fica com o paraense Filinésio Moreira Soares. O maestro dedicou 74 anos de sua vida ao grupo, sendo 50 como regente. Aos 96 anos de idade, embora com a saúde debilitada, compareceu à celebração, sendo aplaudido de pé pelos presentes.

“ É sempre uma alegria prestigiar a apresentação do coral da igreja, do qual Deus me chamou para fazer parte. Tudo foi muito lindo com a inspiração que vem do Alto e com o talento que Deus deu a cada um para realizar esse belíssimo evento”, ressaltou Filinésio Soares.

Marlene Sacramento, 49 anos, que participa há 15 como corista do grupo, estava especialmente emocionada.  “Esse é um momento de cantar e agradecer a Deus. Fui curada de um câncer de tireoide. E cantar nesse dia especial é muita emoção!”, ressaltou.

Momentos inesquecíveis vão ficar na lembrança de quem assistiu ao espetáculo.  É o caso da dona de casa, Ester Lúcia Azevedo, que veio com a família. “ Nunca vi uma apresentação tão linda  e estou emocionada, porque a palavra  de Deus nos Toca e ao ouvir esses hinos a emoção é maior”, elogiou.

Referência

O Coral é referência para as igrejas do país e até na América Latina, inspirando a formação de vários corais. Seu sucesso já foi registrado em mais de 10 títulos, entre LP, Cds e Dvd.

A secretária do coral e membro da comissão organizadora da festividade, Sônia Câmpelo, destacou que existe uma preocupação “em preservar a memória e o apoio às gerações futuras”. Conclui dizendo: “Temos um solista de 9 anos de idade e um maestro de 96 anos, e isso também faz diferença”.

Homenagem

No dia 4 de novembro, a Assembleia Legislativa do Pará, também realizou uma sessão solene onde foi homenageado o aniversário do conjunto musical. O autor da proposição foi o deputado Raimundo Santos, que também é pastor da igreja.

Serviço

Uma exposição permanente sobre a história do coral, desde o surgimento aos dias atuais, foi instalada no Museu Nacional da Assembleia de Deus em Belém. Dias e horários de visitação: Terça a sexta: 9h às 16h. Sábados e domingos: 9h às 13h.

Texto: Mara Barcellos

admin

Analista de Sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.