Realidade da morte

“Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no
mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a
todos os homens, porque todos pecaram” (Romanos 5:12).

A morte é um fato comum a todos os homens. Entretanto a sua
definição, compreensão e aceitação é diferente nas várias áreas do
conhecimento. Qual o seu entendimento sobre a morte? Você está
preparado para enfrentá-la?

A morte é um estado de separação. A morte não é um anjo ou
um personagem com uma foice na mão, conforme descrito na
cultura popular. Porém um estado de separação espiritual ou
física em que o indivíduo se encontra. A morte espiritual é a
separação do homem da comunhão com Deus: “Mas as vossas
iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus” (Is 59.2).
A morte física é a separação entre alma ou o espírito e o corpo
físico: “e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus,
que o deu” (Ec 12.7). O homem é constituído de espírito, alma e
corpo (1Ts 5.23). O espírito e a alma são eternos, enquanto o corpo
é perecível.

A morte é uma consequência do pecado. “mas da árvore do
conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em
que dela comerdes, certamente morrerás” (Gn 2.17). Para muitos,
com mente secular, a morte é apenas o fim natural da vida. Mas
na verdade, a morte surgiu em consequência do pecado original
dos nossos primeiros país, Adão e Eva. Eles desobedeceram a
Deus ao comer da árvore do conhecimento do bem e do mal, e
morreram espiritual e, depois, a morte fisicamente. Eles morreram
espiritualmente porque perderam o acesso direto a Deus,
perderam a vida espiritual: “Ele respondeu: Ouvi a tua voz no
jardim, e, porque estava nu, tive medo, e me escondi” (Gn 3.10).

Como o pecado se espalhou por toda a humanidade, todos os
homens também morreram espiritualmente. Entretanto, Adão
somente morreu fisicamente aos 930 anos de idade (Gn 5.5). Ele
morreu por que foi expulso do Jardim e não teve mais acesso a
árvore da vida (Gn 3.22-24). Como resultado, “a morte passou a
todos os homens, porque todos pecaram” (Rm 5:12). Desde então,
as doenças, as enfermidades, o envelhecimento e a morte fazem
parte da vida humana.

A morte foi vencida por Cristo. “por sua morte, destruísse
aquele que tem o poder da morte, o diabo, e livrasse todos que,
pelo pavor da morte, estavam sujeitos à escravidão por toda a
vida” (Hb 2:14-15). A morte de Cristo na cruz foi a solução de
Deus para a morte. Pela fé em Cristo somos libertos do poder do
pecado e de Satanás, reconciliados com Deus e recebemos
gratuitamente a “vida eterna em Cristo Jesus” (Rm 6:23). Quanto
a morte física, para o crente, ela tornou-se a porta de acesso ao
“paraíso” celestial (Lc 23.43;2Co 12.4), enquanto o seu corpo
aguarda a ressurreição dos mortos na vinda de Cristo em glória
(1Ts 4.13-18). Mas para o ímpio a morte física é a entrada para o
inferno, uma espécie de prisão cósmica, “o fogo eterno,
preparado para o diabo e seus anjos” (Mt 25:41).

A morte eterna. É a consumação eterna da morte espiritual, que
acontece quando alguém morre fisicamente sem aceitar a Cristo
como seu Salvador. A pessoa que recebe a Jesus “tem a vida
eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida” (Jo
5.24). Mas aquele que rejeita a salvação de Jesus é destinado, o
seu espírito e a sua alma, a condenação eterna: “aos covardes, aos
incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos
feiticeiros, aos idólatras e a todos os mentirosos, a parte que lhes
cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda
morte” (Ap 21:8). Depois da morte, nada mais pode ser feito para
salvar alguém. Não existe purgatório e nem reencarnação porque
“aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois
disto, o juízo” (Hb 9:27). Então tenha uma compreensão correta
e bíblica da morte, e aceite a Jesus, hoje, como seu Salvador.

Enaldo Brito

admin

Analista de Sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.